EDITAL DE ABERTURA DE  INSCRIÇÃO PARA O PROCESSO SELETIVO REFERENTE AO PROJETO ESCOLA DE TEMPO INTEGRAL – ETI – 2018 COMPONENTE CURRICULAR DA PARTE DIVERSIFICADA DA EE PROFª EPHIGÊNIA C.M.FORTUNATO

                    EDITAL DE ABERTURA DE  INSCRIÇÃO PARA O PROCESSO SELETIVO REFERENTE AO PROJETO
ESCOLA DE TEMPO INTEGRAL – ETI – 2018
COMPONENTE CURRICULAR DA PARTE DIVERSIFICADA
DA EE PROFª EPHIGÊNIA C.M.FORTUNATO – REGIÃO DE JAÚ

A diretora da EE Profª Ephigênia C.M. Fortunato – município de Bariri – Região de Jaú torna pública a abertura de inscrição específica para o processo seletivo referente ao Projeto Escola de Tempo Integral, modelo 2006, aos docentes e candidatos à contratação, devidamente inscritos no Processo de Atribuição de Classes e Aulas para 2018 e interessados em atuar, no ano de 2018, no Componente Curricular da Parte Diversificada da Escola de Tempo Integral (ETI)  nos termos da Resolução SE 6, de 19/01/2016, alterada pela SE 76, publicada em 28-12-2016.

        I – DAS INSCRIÇÕES
Período:  de  27/11/2017 à 01/12/2017 – das 9h às 16h.
Período das entrevistas: de 04/12/2017 à 08/12/2017, conforme agendamento
Divulgação dos resultados: A classificação será afixada na Unidade Escolar em que se inscreveu o candidato e enviada cópia à Diretoria de Ensino, em 12/12/2017.

LOCAL DA INSCRIÇÃO E DA ENTREVISTA ENDEREÇO
EE Profª Ephigênia C.M. Fortunato – município de Bariri Av. Antonio José da Silva, nº 603 – Centro- Bariri/SP

         II – DAS CONDIÇÕES
Poderão inscrever-se docentes e/ou candidatos à contratação devidamente inscritos e classificados para o processo regular de atribuição de aulas, na seguinte conformidade:

  1. Docentes titulares de cargo para carga suplementar de trabalho.
  2. Docentes ocupantes de função atividade – Categorias P, F.
  3. Docentes – Categoria O.
    III – DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS
  1. RG e CPF – original e cópia;
  2. Diploma de curso de Licenciatura Plena – (original e cópia);
  3. Histórico Escolar – (original e cópia);
  4. Currículo, identificando as ações de formação realizadas, o histórico das experiências vivenciadas e as práticas educacionais bem sucedidas;
  5. Comprovante de que inscreveu no processo regular de atribuição de classes e aulas;

IV – DAS HABILITAÇÕES DOCENTES

Na atribuição das aulas do Componente Curricular da Parte Diversificada da Escola de Tempo Integral (ETI), em conformidade com o artigo 1º da Res. SE 76, publicada em 28-12-16, serão observadas as seguintes habilitações/qualificações docentes:
Componentes pré-estabelecidos:

  1. Leitura e Produção de Textos: diploma de Licenciatura Plena em Letras/Língua Portuguesa; ou aluno do último ano de curso dessa licenciatura;
  2. Experiências Matemáticas: diploma de Licenciatura Plena específica em Matemática ou de Licenciatura em Ciências com plenificação em Matemática;
  3. Orientação de Estudos: preferencialmente, diploma de Licenciatura Plena em Pedagogia, ou Licenciatura Plena em disciplinas da área de Ciências da Natureza, ou Licenciatura Plena em disciplinas da área de Ciências Humanas, ou Licenciatura Plena em disciplinas da área de Linguagens.

Componentes Optativos:
(Dois componentes curriculares, de acordo com a opção da unidade escolar, conforme Resolução SE 76, publicada em 28-12-2016)

  1. Tecnologia e Sociedade – diploma de Licenciatura Plena em disciplinas da Área de Ciências da Natureza, ou diploma de Licenciatura Plena em disciplinas da Área de Ciências Humanas, de acordo com a proposta pedagógica da unidade escolar, ou, ainda aluno do último ano de quaisquer dos cursos das referidas licenciaturas;
  2. Qualidade de Vida – diploma de Licenciatura Plena em Ciências Físicas e Biológicas ou Licenciatura em Ciências com plenificação em Biologia, ou Licenciatura Plena em História Natural, ou, ainda, de Licenciatura Plena em Pedagogia; aluno do último ano de quaisquer dos cursos das referidas licenciaturas, com exceção da Licenciatura de Pedagogia.

            V – DA SELEÇÃO
Constituem-se exigências para o processo de seleção, além das habilitações/qualificações especificadas acima, os seguintes requisitos:

  1. Análise e avaliação do Currículo e da Entrevista realizada;
  2. Nível de atendimento ao perfil exigido pelas características e especificidades dos componentes curriculares objeto da docência;
  3. Vivência das metodologias de trabalho realizado voltadas à ação-reflexão-ação, à solidariedade, ao desenvolvimento da autoestima do educando a á troca de experiências;
  4. Disponibilidade para o desenvolvimento de trabalho em equipe, de forma colaborativa e que demonstre interesse em:4.1. participar de programas de formação continuada, inclusive via educação a distância, oferecidos pela secretaria da Educação e por entidades conveniadas;

    4.2. utilizar e criar novos métodos didático-pedagógicos, por meio da tecnologia Digital de Comunicação e Informação (TDCI)

A equipe gestora de cada escola, assistida pelo respectivo Supervisor de Ensino, realizará o processo seletivo e expedirá relação nominal de todos os classificados, para ciência da Diretoria de Ensino, a fim de proceder à regular atribuição de classes e aulas.

             VI – DA ATRIBUIÇÃO
A atribuição de aulas do Componente Curricular da parte diversificada far-se-á,  de acordo com o cronograma a ser divulgado oportunamente, pela equipe gestora da unidade escolar assistida pelo Supervisor de Ensino da unidade escolar, ou em nível de Diretoria de Ensino, a docentes e contratados devidamente inscritos e classificados no processo regular de atribuição de classes e aulas e que tenham efetuado, paralelamente, inscrição específica para participar do processo seletivo referente ao Projeto Escola de Tempo Integral, observada a seguinte ordem de prioridade:
a) docentes titulares de cargo, para carga suplementar;
b) docentes adidos, para composição da jornada de trabalho e/ou de carga suplementar, sem descaracterizar a condição de adido;
c) docentes ocupantes de função-atividade que se encontrem com horas de permanência, para a composição de carga horária;
d) demais docentes ocupantes de função-atividade;
e) a docentes contratados, nos termos da Lei Complementar 1.093/2009, para composição de carga horária.

        VIII – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS
1) O candidato que deixar de comprovar alguma das exigências do presente edital terá sua inscrição indeferida.
2) No decorrer do ano letivo, o docente que por qualquer motivo, deixar de corresponder às expectativas do desenvolvimento das atividades o Componente Curricular da Parte Diversificada, cujas aulas lhe tenham sido atribuídas, perderá, a qualquer tempo, estas aulas, por decisão da equipe gestora da U.E., ouvido o Supervisor de Ensino da escola, assegurado ao docente o direito de defesa.
3) Ao docente que se encontre com aulas do Componente Curricular da Parte Diversificada a Escola de Tempo Integral atribuídas, as quais comportam substituição docente, por qualquer período, são assegurados os mesmos benefícios e vantagens a que fazem jus os seus pares docentes que atuam nas escolas regulares de regime parcial, observadas as normas legais pertinentes, excetuada a possibilidade de afastamento das referidas aulas para exercer qualquer outro tipo de atividade ou prestação de serviços.
4) Ao docente que se encontre com aulas do Componente Curricular da Escola de Tempo Integral atribuídas aplicam-se as disposições da legislação específica do processo de atribuição de classes, turmas, aulas de projetos da Pasta, bem como as da legislação referente ao processo regular de atribuição de e aulas.
5) O ato de inscrição implicará na aceitação, por parte do candidato, de todas as disposições do presente edital.
6) Os casos omissos ao disposto no presente edital serão analisados pela Equipe Gestora da Escola assistida pelo Supervisor de Ensino.
7) Novas orientações publicadas pelos órgãos centrais da SEE poderão determinar alterações no presente  edital.
Jaú, 22 de novembro de 2017.

Maria Valéria Videira Cocia
Diretor de Escola
R.G.  23.881.548-1/SP

CREDENCIAMENTO ESCOLA DE TEMPO INTEGRAL (MODELO 2006) – ESCOLA CAETANO LOURENÇO DE CAMARGO – JAÚ

                    EDITAL DE ABERTURA DE  INSCRIÇÃO PARA O PROCESSO SELETIVO REFERENTE AO PROJETO
ESCOLA DE TEMPO INTEGRAL – ETI – 2018
COMPONENTE CURRICULAR DA PARTE DIVERSIFICADA
DA EE CAETANO LOURENÇO DE CAMARGO – REGIÃO DE JAÚ

A diretora da EE Caetano Lourenço de Camargo – Região de Jaú torna pública a abertura de inscrição específica para o processo seletivo referente ao Projeto Escola de Tempo Integral, modelo 2006, aos docentes e candidatos à contratação, devidamente inscritos no Processo de Atribuição de Classes e Aulas para 2018 e interessados em atuar, no ano de 2018, no Componente Curricular da Parte Diversificada da Escola de Tempo Integral (ETI), nos termos da Resolução SE 6, de 19/01/2016, alterada pela SE 76, publicada em 28-12-2016.

        I – DAS INSCRIÇÕES
Período:  de 27/11/2017 a 01/12/2017 – das 8h às 12h e das 13h às 17h
Período das entrevistas: de 04/12/2017 a 08/12/2017, conforme agendamento
Divulgação dos resultados: A classificação será afixada na Unidade Escolar em que se inscreveu o candidato e enviada cópia à Diretoria de Ensino, em 12/12/2017.

LOCAL DA INSCRIÇÃO E DA ENTREVISTA ENDEREÇO
EE Caetano Lourenço de Camargo – município de Jaú Rua Cônego Anselmo Walvenkens – s/nº – Centro- Jaú/SP

         II – DAS CONDIÇÕES
Poderão inscrever-se docentes e/ou candidatos à contratação devidamente inscritos e classificados para o processo regular de atribuição de aulas, na seguinte conformidade:

  1. Docentes titulares de cargo para carga suplementar de trabalho.
  2. Docentes ocupantes de função atividade – Categorias P, F.
  3. Docentes – Categoria O.
    III – DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS
  1. RG e CPF – original e cópia;
  2. Diploma de curso de Licenciatura Plena – (original e cópia);
  3. Histórico Escolar – (original e cópia);
  4. Currículo, identificando as ações de formação realizadas, o histórico das experiências vivenciadas e as práticas educacionais bem sucedidas;
  5. Comprovante de que inscreveu no processo regular de atribuição de classes e aulas;

IV – DAS HABILITAÇÕES DOCENTES

Na atribuição das aulas do Componente Curricular da Parte Diversificada da Escola de Tempo Integral (ETI), em conformidade com o artigo 1º da Res. SE 76, publicada em 28-12-16, serão observadas as seguintes habilitações/qualificações docentes:
Componentes pré-estabelecidos:

  1. Leitura e Produção de Textos: diploma de Licenciatura Plena em Letras/Língua Portuguesa; ou aluno do último ano de curso dessa licenciatura;
  2. Experiências Matemáticas: diploma de Licenciatura Plena específica em Matemática ou de Licenciatura em Ciências com plenificação em Matemática;
  3. Orientação de Estudos: preferencialmente, diploma de Licenciatura Plena em Pedagogia, ou Licenciatura Plena em disciplinas da área de Ciências da Natureza, ou Licenciatura Plena em disciplinas da área de Ciências Humanas, ou Licenciatura Plena em disciplinas da área de Linguagens.

Componentes Optativos:

  1. Cultura do Movimento: diploma de Licenciatura Plena em Educação Física;
  2. Linguagens Artísticas: diploma de Licenciatura Plena em Educação Artística, ou de Licenciatura Plena em Arte, em quaisquer das linguagens: Artes Visuais, Artes Plásticas, Design, Música, Teatro, Artes Cênicas e Dança ou Licenciatura Plena em Educação Musical, ou ainda, aluno do último ano de qualquer dos cursos das referidas licenciaturas.

            V – DA SELEÇÃO
Constituem-se exigências para o processo de seleção, além das habilitações/qualificações especificadas acima, os seguintes requisitos:

  1. Análise e avaliação do Currículo e da Entrevista realizada;
  2. Nível de atendimento ao perfil exigido pelas características e especificidades dos componentes curriculares objeto da docência;
  3. Vivência das metodologias de trabalho realizado voltadas à ação-reflexão-ação, à solidariedade, ao desenvolvimento da autoestima do educando a á troca de experiências;
  4. Disponibilidade para o desenvolvimento de trabalho em equipe, de forma colaborativa e que demonstre interesse em:4.1. participar de programas de formação continuada, inclusive via educação a distância, oferecidos pela secretaria da Educação e por entidades conveniadas;

    4.2. utilizar e criar novos métodos didático-pedagógicos, por meio da tecnologia Digital de Comunicação e Informação (TDCI)

A equipe gestora de cada escola, assistida pelo respectivo Supervisor de Ensino, realizará o processo seletivo e expedirá relação nominal de todos os classificados, para ciência da Diretoria de Ensino, a fim de proceder à regular atribuição de classes e aulas.
             VI – DA ATRIBUIÇÃO
A atribuição de aulas do Componente Curricular da parte diversificada far-se-á,  de acordo com o cronograma a ser divulgado oportunamente, pela equipe gestora da unidade escolar assistida pelo Supervisor de Ensino da unidade escolar, ou em nível de Diretoria de Ensino, a docentes e contratados devidamente inscritos e classificados no processo regular de atribuição de classes e aulas e que tenham efetuado, paralelamente, inscrição específica para participar do processo seletivo referente ao Projeto Escola de Tempo Integral, observada a seguinte ordem de prioridade:
a) docentes titulares de cargo, para carga suplementar;
b) docentes adidos, para composição da jornada de trabalho e/ou de carga suplementar, sem descaracterizar a condição de adido;
c) docentes ocupantes de função-atividade que se encontrem com horas de permanência, para a composição de carga horária;
d) demais docentes ocupantes de função-atividade;
e) a docentes contratados, nos termos da Lei Complementar 1.093/2009, para composição de carga horária.

        VIII – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS
1) O candidato que deixar de comprovar alguma das exigências do presente edital terá sua inscrição indeferida.
2) No decorrer do ano letivo, o docente que por qualquer motivo, deixar de corresponder às expectativas do desenvolvimento das atividades o Componente Curricular da Parte Diversificada, cujas aulas lhe tenham sido atribuídas, perderá, a qualquer tempo, estas aulas, por decisão da equipe gestora da U.E., ouvido o Supervisor de Ensino da escola, assegurado ao docente o direito de defesa.
3) Ao docente que se encontre com aulas do Componente Curricular da Parte Diversificada a Escola de Tempo Integral atribuídas, as quais comportam substituição docente, por qualquer período, são assegurados os mesmos benefícios e vantagens a que fazem jus os seus pares docentes que atuam nas escolas regulares de regime parcial, observadas as normas legais pertinentes, excetuada a possibilidade de afastamento das referidas aulas para exercer qualquer outro tipo de atividade ou prestação de serviços.
4) Ao docente que se encontre com aulas do Componente Curricular da Escola de Tempo Integral atribuídas aplicam-se as disposições da legislação específica do processo de atribuição de classes, turmas, aulas de projetos da Pasta, bem como as da legislação referente ao processo regular de atribuição de e aulas.
5) O ato de inscrição implicará na aceitação, por parte do candidato, de todas as disposições do presente edital.
6) Os casos omissos ao disposto no presente edital serão analisados pela Equipe Gestora da Escola assistida pelo Supervisor de Ensino.
7) Novas orientações publicadas pelos órgãos centrais da SEE poderão determinar alterações no presente  edital.

Jaú, 22 de novembro de 2017.

                                                                                                                                                 Maria Inês da Silva Frozel
Diretor de Escola
RG 17.805.778-2

DIRETORIA DE ENSINO DA REGIÃO DE JAÚ PROFESSOR MEDIADOR ESCOLAR E COMUNITÁRIO  EDITAL DE CREDENCIAMENTO – 2018

DIRETORIA DE ENSINO DA REGIÃO DE JAÚ
PROFESSOR MEDIADOR ESCOLAR E COMUNITÁRIO
 EDITAL DE CREDENCIAMENTO – 2018
A Dirigente Regional de Ensino da Diretoria de Ensino da Região de Jaú torna pública a abertura de inscrição, específica para o credenciamento de docentes, interessados em atuar no ano de 2018, nas Escolas da Diretoria de Ensino Região Jaú, para desempenhar as atribuições de Professor Mediador Escolar e Comunitário, nos termos da Resolução SE 41, de 22/09/2017.

  • DAS INSCRIÇÕES

O candidato deverá realizar  sua inscrição pessoalmente na SEDE da Diretoria de Ensino da Região de Jaú, na Rua  Tenente Lopes, nº 633 – Centro,  em Jaú – SP
Período de inscrição: 21/11/2017 a 27/11/2017
Horário de atendimento: das 9:00 h às 12:00 h e das 14:00 h  às 16:00 horas.

Clique aqui para baixar a ficha de inscrição que o candidato deverá trazer preenchida

II – DAS CONDIÇÕES
Poderão se inscrever docentes, devidamente inscritos para o processo regular de atribuição de classes/aulas para o ano de 2018, na seguinte conformidade:
Para a seleção dos docentes que desempenharão as atribuições de Professor Mediador Escolar e Comunitário, observado o contido nos artigos 1º , §  1º e § 2º e artigos 3º e 4º da Resolução SE 41, de 22/09/2017, e de acordo com a seguinte ordem de prioridade:
I – docente readaptado, verificada a compatibilidade de seu rol de atribuições estabelecido pela Comissão de Assuntos de Assistência à Saúde- CAAS. O docente readaptado somente poderá exercer a função de Professor Mediador Escolar e Comunitário em unidade escolar de sua classificação, devendo, em caso de escola diversa, solicitar previamente a mudança da sede de exercício, nos termos da legislação pertinente.
II-Docente titular de cargo, na situação  de adido, cumprindo horas de permanência na composição da jornada de trabalho;
III – docente ocupante de função-atividade, que esteja cumprindo horas de permanência  correspondente à carga horária mínima de 12 horas semanais; (Categoria F)
IV – docente classificado na unidade escolar com aulas regulares atribuídas, cuja carga horária total possa ser completada na conformidade da legislação vigente. (Efetivo/Categoria F)
Artigo 7º – O Professor Mediador Escolar e Comunitário, a que se refere o artigo 6º, exercerá suas atribuições pela carga horária correspondente à da Jornada Integral de Trabalho Docente ou Jornada Inicial de Trabalho Docente, de acordo com as necessidades da unidade escolar.
III – DA DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A INSCRIÇÃO
Para confirmação do credenciamento, o docente deverá apresentar:

  1. RG , CPF ,  hollerith  (xerox).
  2. Diploma ou Certificado de Licenciatura Plena e Histórico Escolar ( Xerox)
  3. Comprovante de inscrição informatizada para o processo de atribuição de aulas -2018, contendo informações sobre a categoria do candidato e a opção por atuar em Projetos da Pasta, Professor Mediador;
  4. Certificados de cursos  ou comprovar  participação  em  ações  ou projetos relacionados a temas como: Direitos Humanos,  Mediação de Conflitos, Justiça Restaurativa, Bullying, articulação comunitária, entre outros. ( Xerox)
  5.   Carta de motivação em que apresente exposição sucinta das razões pelas quais opta por exercer as funções de Professor Mediador Escolar e Comunitário, considerando as atribuições previstas no Parágrafos 1º e 2º do Artigo 1º e Artigos 3º e 4º  Resolução SE 41/2017.

 IV –  Do Credenciamento / Classificação dos candidatos
Os interessados serão credenciados pelos Gestores Regionais do Sistema de Proteção Escolar acompanhados pela Comissão de Atribuição de Classes e Aulas da Diretoria de Ensino, ouvida a Equipe Gestora da escola contemplada, por meio da avaliação de perfil do docente candidato e dos demais aspectos relacionados no item IV deste Edital.
Após aprovação do perfil dos candidatos ao exercício das atribuições de Professor Mediador Escolar e Comunitário, a Diretoria de Ensino procederá o credenciamento dos candidatos, com vistas à atribuição, obedecendo a ordem de prioridade estabelecida no artigo 6º da Resolução SE 41, de 22/09/2017.
Serão observados para classificação dos candidatos, nas Unidades Escolares contempladas com o Projeto  PMEC os seguintes itens:
1 – apreciação de carta de motivação, a ser apresentada pelo docente, contendo exposição sucinta das razões pelas quais opta por exercer as atribuições de Professor Mediador Escolar e Comunitário, considerando as atribuições  elencadas nos  Parágrafos 1º e 2º do Artigo 1º e Artigos 3º e 4º da Resolução SE 41/2017.
2 – realização de entrevista individual, com a participação do Diretor da Escola selecionada;
3 – análise de certificados de cursos ou comprovação de participação do docente em ações ou projetos relacionados aos temas  à Proteção Escolar, tais como mediação de conflitos, Justiça Restaurativa, bullying, articulação comunitária, entre outros.
V- Caberá à Diretoria de Ensino:
I – receber e ratificar os documentos apresentados ;
II – avaliar e classificar, por meio da Comissão Regional responsável pelo processo de atribuição de classes e aulas, os docentes devidamente inscritos para atuarem como Professor Mediador Escolar e Comunitário , entrevistando-os  e selecionando-os, mediante  avaliação do perfil apresentado  e necessidade, ouvidas as equipes gestoras das respectivas escolas indicadas

VI – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS
– A Diretoria de Ensino divulgará em data oportuna, a lista dos professores  credenciados para o exercício  das atribuições de Professor Mediador Escolar e Comunitário.
– A  Gestão Regional do Sistema de Proteção Escolar organizará, anualmente , pelo menos 5 ( cinco)  orientações  técnicas  descentralizadas de formação, planejamento e avaliação,  com os Professores Mediadores Escolares e Comunitários, em exercício nas respectivas diretoria de ensino , com uma carga horária  de,  mínimo 6 (seis) e no máximo 8 (oito) horas de atividades diárias. – Os docentes selecionados para o exercício das atribuições de Professor Mediador Escolar e Comunitário serão capacitados e observarão, no desenvolvimento dessas atribuições, metodologia de trabalho a ser definida por esta Pasta, estando previstas as seguintes atividades de supervisão e formação em serviço:- apresentação de relatórios sobre as atividades desenvolvidas, para análise e discussão pela equipe gestora da escola e pelos responsáveis pela Gestão Regional do Sistema de Proteção Escolar; – participação em cursos e Orientações Técnicas centralizadas e descentralizadas.
– Dados não constantes neste edital serão definidos posteriormente pelos órgãos superiores e por eventuais legislações que venham a vigorar após a publicação deste;
– Casos omissos serão analisados pela Gestão Regional e pela Comissão de Atribuição de Classes/Aulas da Diretoria de Ensino.

Jaú, 13 de novembro de 2017.

 

Carla Matar Karam
Rg  22.646.438-6
Dirigente Regional de Ensino da Região de Jaú

COMUNICADO CANDIDATOS PRÉ CLASSIFICADOS E LIBERADOS PARA ENTREVISTA – PROCESSO SELETIVO DE CREDENCIAMENTO PROGRAMA ENSINO INTEGRAL

Entrevista

Candidatos pré-classificados e liberados para Entrevista no Processo Seletivo de Credenciamento do Programa Ensino Integral 2017/atuação 2018:

1- entrar na SED (onde fez a inscrição) e agendar a Entrevista;

2- no ato da Entrevista levar:

– cópia do RG e CPF;

– cópia do diploma e histórico;

– atestado de frequência dos últimos 3 anos, contados até 30/06/17;

– cópia da pontuação no processo de atribuição de aulas (imprimir do GDAE);

– para o readaptado, cópia do CAAS.

 

Equipe responsável pelo Credenciamento

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE AGENTE DE ORGANIZAÇÃO ESCOLAR/2017

Processo Seletivo Simplificado Regional para contratação de Agente de Organização Escolar/2017
No período de 09 a 23 de novembro de 21017, Estará aberto o link para inscrição, no processo seletivo para contratação de Agente de Organização Escolar, para escolas vinculadas à Diretoria de Ensino de Jaú. Abaixo você encontrará os links para o edital e para a pagina de Inscrição.

EE DR OSMAR FRANCISCO DA CONCEIÇÃO LANÇA BIOGRAFIA DO SEU PATRONO

               EE DR OSMAR FRANCISCO DA CONCEIÇÃO LANÇA BIOGRAFIA DO SEU PATRONO

Em 27/10/2017, no Teatro Municipal “Renata Lycia dos Santos Ludovico”, a Equipe Gestora da EE DR OSMAR FRANCISCO DA CONCEIÇÃO lançou uma pequena Biografia do seu Patrono.  O Projeto foi patrocinado pela empresa Buckminster Química Ltda. de Macatuba e conta toda a trajetória de vida do patrono, que era uma pessoa muito querida por todos que conviveram com ele, além de fotos de vários momentos de sua vida e depoimentos de alguns amigos. O lançamento contou com a presença da esposa, filhos, nora, genro, netos e demais familiares, além de autoridades do município, amigos, professores, funcionários, pais de alunos, alunos e demais convidados.  Durante o evento foram feitas diversas apresentações culturais como poesias, dança, teatro e música homenageando Dr. Osmar.

Imagem 1
Imagem 2
Imagem 3
Imagem 4
Imagem 5
Imagem 6

REPUBLICAÇÃO EDITAL CREDENCIAMENTO 2018 – PROGRAMA ENSINO MÉDIO INTEGRAL

PROGRAMA ENSINO INTEGRAL
ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL,
 ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL E ENSINO MÉDIO
EDITAL DE CREDENCIAMENTO – 2017 – ATUAÇÃO 2018

A Dirigente Regional de Ensino da Região de Jaú comunica a abertura das inscrições para atuação em Regime de Dedicação Plena e Integral – RDPI das escolas estaduais do Programa Ensino Integral circunscritas à Diretoria de Ensino – Região de Jaú.

Esse credenciamento tem o objetivo de preencher as vagas potencialmente existentes e composição de cadastro reserva para o ano letivo de 2018, tendo em vista o disposto na Lei Complementar 1.164, de 04/01/2012, alterada pela Lei Complementar 1.191, de 28/12/2012, bem como o Decreto 59.354, de 15/07/2013, Resolução SE 57, de 25/10/2016 e a Resolução SE 19, de 02/04/2015.

  1. REGIME DE DEDICAÇÃO PLENA E INTEGRAL (RDPI): no Programa Ensino Integral os educadores atuam em regime de dedicação exclusiva à escola por 40 horas semanais, cumpridas na unidade escolar em sua totalidade. Durante o horário de funcionamento do Programa, o educador está impedido de exercer qualquer outra atividade remunerada, pública ou privada.

Pelas atribuições adicionais pertinentes às especificidades do Programa os educadores, em Regime de Dedicação Plena e Integral, recebem 75% de gratificação sobre o salário-base (Gratificação de Dedicação Plena e Integral – GDPI).
Essas atribuições envolvem:

  1. Nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental o conjunto de aulas dos diferentes componentes curriculares que compõem a Base Nacional Comum e a Parte Diversificada do Currículo, incluídas as Atividades Complementares, as ações de planejamento estratégico, numa gestão voltada a resultados com foco no protagonismo infantil visando o Projeto Convivência e a substituição de ausências entre os pares.
  2. Nos Anos Finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio as disciplinas da parte diversificada, as ações de planejamento estratégico, numa gestão voltada a resultados, a tutoria aos alunos para apoio a seu Projeto de Vida, e a substituição de ausências entre os pares.

 

  1. DOS CRITÉRIOS DE ELEGIBILIDADE para atuação em Regime de Dedicação Plena e Integral

 

  1. Situação funcional:
    • Titular de cargo de Diretor;
    • Titular de cargo de professor (PEB I, PEB II);
    • Ocupante de função-atividade (OFA) amparado pelo disposto no § 2º do artigo 2º da Lei Complementar nº 1.010, de 1º de junho de 2007, e nos termos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).
    • Professor Readaptado: pode atuar apenas em Sala/Ambiente de Leitura, desde que o rol de atividades previstos pelo CAAS seja compatível com as atribuições previstas para a função no Programa Ensino Integral.

 

  1. Formação:

2.2.1. Nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental: ser portador de diploma, devidamente registrado, de licenciatura plena em Pedagogia com habilitação em Magistério das Séries Iniciais do Ensino Fundamental, ou de diploma, devidamente registrado, de Curso Normal Superior, com habilitação em Magistério das Séries Iniciais do Ensino Fundamental, ou de licenciatura plena em Pedagogia obtida mediante Programa Especial de Formação Pedagógica Superior, qualquer que seja a nomenclatura do curso, com habilitação em Magistério das Séries Iniciais do Ensino Fundamental, ou diploma, devidamente registrado, de licenciatura plena em componente curricular específico, para atuar como docente especialista, diploma, devidamente registrado, ou ainda ser portador de licenciatura plena em disciplina da matriz curricular e diploma de Magistério de Nível Médio.

2.2.2. Nos Anos Finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio: Licenciatura Plena.

  1.  Experiência na rede pública estadual: no mínimo 3 anos de efetivo exercício.

 

  1. Adesão voluntária ao Regime de Dedicação Plena e Integral

 

  1. DOS REQUISITOS PARA A FUNÇÃO GESTORA: o docente, observada a ELEGIBILIDADE, poderá se inscrever no Programa Ensino Integral para exercer funções gestoras, desde que comprove:

 

  1. Diretor de Escola: ser portador de diploma, devidamente registrado, de licenciatura plena em Pedagogia e/ou diploma de Mestrado ou de Doutorado, na área de Educação/Gestão Escolar, e possuir 8 (oito) anos de experiência no magistério;
  2. Vice-Diretor de Escola: ser portador de diploma, devidamente registrado, de licenciatura plena em Pedagogia e/ou diploma de Mestrado ou de Doutorado, na área de Educação/Gestão Escolar, e possuir 5 (cinco) anos de experiência no magistério;
  3. Professor Coordenador Geral dos Anos Iniciais: ser Professor Educação Básica I e portador de uma das habilitações previstas nas alíneas “a”, “b” e “c” do inciso I do artigo 3º da Resolução 57/2016.
  4. Professor Coordenador Geral Ensino Fundamental – Anos Finais e Ensino Médio: ser portador de diploma, devidamente registrado, de licenciatura plena.

 

  1. ETAPAS DO PROCESSO DE CREDENCIAMENTO

 

  1. Inscrição: etapa em que o candidato se inscreve no programa, fornece informações sobre experiência e formação, bem como responde a uma pré-avaliação baseada em questões sobre o Programa Ensino Integral.

A condição de elegibilidade será consultada no momento da inscrição e o candidato ficará impedido de continuar caso não atenda os critérios, conforme informações contidas no cadastro funcional.

  • Período: 25/10/2017 a 06/11/2017
  • Local: Secretaria Escolar Digital (SED) (https://sed.educacao.sp.gov.br) | Sistema de Credenciamento do Programa Ensino Integral

 

  1. Entrevistas: etapa presencial em que será avaliado o perfil do profissional para atuação no modelo pedagógico das Escolas Estaduais do Programa Ensino Integral, mediante avaliação por competência.
    • Período: 08/11/2017 a 15/12/2017

O agendamento será realizado pelo candidato diretamente na SED – Sistema de Credenciamento na tela agendamento de entrevista. Caso necessário, a Diretoria de Ensino entrará em contato com o candidato via telefone e/ou e-mail, conforme registros fornecidos na inscrição. E considerará a pré-classificação dos profissionais mediante respostas aos questionários da pré-avaliação durante a inscrição.
A Diretoria de Ensino poderá interromper o chamamento para as entrevistas caso tenha completado o número mínimo de candidatos avaliados, conforme define Resolução SE 57/2016.

  1. Classificação dos candidatos: o processo seletivo de credenciamento será classificatório e deverá considerar:

I – o comprometimento do profissional com a respectiva atuação no magistério da rede estadual de ensino, avaliado mediante análise de seu histórico de assiduidade, relativo aos 3 (três) últimos anos letivos;
II – o perfil do profissional de acordo com as competências esperadas para atuação em Regime de Dedicação Plena e Integral nas escolas de Anos Iniciais do Ensino Fundamental:

  • Protagonismo – Promove o protagonismo e é protagonista de sua própria atuação, ajudando a formar pessoas autônomas, solidárias, reflexivas, críticas, pesquisadoras, mentes abertas e competentes.
  • Domínio do Conhecimento e Contextualização – Possui domínio de sua área de conhecimento, sendo capaz de comunicá-la e contextualizá-la, relacionando-a com a realidade do aluno, com a prática, com as disciplinas da Base Nacional Comum, com a parte diversificada e o Projeto Convivência.
  • Disposição ao Autodesenvolvimento Contínuo – Busca continuamente aprender e se desenvolver como pessoa e profissional, apresentando predisposição para reavaliar suas práticas, ferramentas e formas de pensar.
  • Comprometimento com o Processo e Resultado – Demonstra determinação para planejar, executar e rever ações, de forma a atingir os resultados planejados.
  • Relacionamento e Corresponsabilidade – Desenvolve relacionamentos positivos com alunos, professores, funcionários, direção, pais e responsáveis e atua de forma corresponsável, tendo em vista a aprendizagem dos estudantes e o desenvolvimento dos profissionais da escola.
  • Solução e Criatividade: tem visão crítica e foca em solucionar os problemas que identifica, criando caminhos alternativos sempre que necessário.
  • Difusão e Multiplicação – Difunde e compartilha boas práticas, considerando a própria atividade como parte integrante de uma rede.
  • Articulação entre os Anos Iniciais e os Anos Finais do Ensino Fundamental – Tem visão crítica e articula as aprendizagens e expectativas esperadas pelos alunos ao final do 5º ano dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental com os Anos Finais.

III – o perfil do profissional de acordo com as competências esperadas para atuação em Regime de Dedicação Plena e Integral nas escolas de Anos Finais do Ensino Fundamental Anos Finais e nas escolas de Ensino Médio:

  • Protagonismo: promove o protagonismo juvenil, ajudando a formar pessoas autônomas, solidárias e competentes e sendo protagonista em sua própria atuação.
  • Domínio do conhecimento e contextualização: possui domínio de sua área de conhecimento, sendo capaz de comunicá-la e contextualizá-la, relacionando-a com a realidade do aluno, à prática, às disciplinas da Base Nacional Comum, à parte diversificada, às atividades complementares e aos Projetos de Vida.
  • Disposição ao autodesenvolvimento contínuo: busca continuamente aprender e se desenvolver como pessoa e profissional, apresentando predisposição para reavaliar suas práticas, tecnologias, ferramentas e formas de pensar.
  • Relacionamento e corresponsabilidade: desenvolve relacionamentos positivos com alunos, professores, funcionários, direção, pais e responsáveis e atua de forma corresponsável tendo em vista o desenvolvimento dos alunos e profissionais da escola.
  • Solução e criatividade: tem visão crítica e foca em solucionar os problemas que identifica, criando caminhos alternativos sempre que necessário.

 

  • Publicação da classificação final no DOE
  • Prazo: 19/12/2017 a 20/12/2017 [ou em data anterior, caso tenha sido concluído anteriormente o número mínimo de entrevistas]

 

  1. Alocação dos candidatos nas vagas:
    • Prazo: 21/12/2017 a 22/12/2017 [ou em data anterior, caso tenha sido concluído anteriormente o número mínimo de entrevistas]
    • Local: Diretoria de Ensino – Região de [nome da região].

 

  1. PRIORIDADE NO PROCESSO DE CREDENCIAMENTO: conferida aos servidores que se encontravam em efetivo exercício na unidade escolar no momento da adesão formal da escola ao Programa Ensino Integral em 2017, sendo válida somente para as vagas nas escolas que iniciam sua participação no Programa Ensino Integral em 2018.
    • Os servidores da unidade escolar indicados com prioridade deverão participar de todas as fases do Processo de Credenciamento e serão classificados em faixa de classificação prevalecente à dos candidatos de outras unidades escolares para preenchimento das vagas da respectiva escola.

 

  1. DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS que deverão ser apresentados pelo candidato no momento da entrevista:
    • RG/CPF.
    • Atestado de Frequência dos últimos três anos, considerado até 30/06/2017 (documento deverá ser solicitado na escola sede do cargo ou função).
    • Documentos que comprovem as informações de titulação/formação fornecidas na etapa de inscrição.

Caso não se comprove algum dado ou informação prestada no momento da inscrição, o candidato não será credenciado para atuar no Programa Ensino Integral.
.

PROGRAMA ENSINO MÉDIO INTEGRAL CREDENCIAMENTO 2018 – INSCRIÇÕES ATRAVÉS DA SECRETARIA ESCOLAR DIGITAL

PROGRAMA ENSINO INTEGRAL
ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL,
 ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL E ENSINO MÉDIO
EDITAL DE CREDENCIAMENTO – 2017 – ATUAÇÃO 2018

A Dirigente Regional de Ensino da Região de Jaú comunica a abertura das inscrições para atuação em Regime de Dedicação Plena e Integral – RDPI das escolas estaduais do Programa Ensino Integral circunscritas à Diretoria de Ensino – Região de Jaú.

Esse credenciamento tem o objetivo de preencher as vagas potencialmente existentes e composição de cadastro reserva para o ano letivo de 2018, tendo em vista o disposto na Lei Complementar 1.164, de 04/01/2012, alterada pela Lei Complementar 1.191, de 28/12/2012, bem como o Decreto 59.354, de 15/07/2013, Resolução SE 57, de 25/10/2016 e a Resolução SE 19, de 02/04/2015.

  1. REGIME DE DEDICAÇÃO PLENA E INTEGRAL (RDPI): no Programa Ensino Integral os educadores atuam em regime de dedicação exclusiva à escola por 40 horas semanais, cumpridas na unidade escolar em sua totalidade. Durante o horário de funcionamento do Programa, o educador está impedido de exercer qualquer outra atividade remunerada, pública ou privada.

Pelas atribuições adicionais pertinentes às especificidades do Programa os educadores, em Regime de Dedicação Plena e Integral, recebem 75% de gratificação sobre o salário-base (Gratificação de Dedicação Plena e Integral – GDPI).
Essas atribuições envolvem:

  1. Nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental o conjunto de aulas dos diferentes componentes curriculares que compõem a Base Nacional Comum e a Parte Diversificada do Currículo, incluídas as Atividades Complementares, as ações de planejamento estratégico, numa gestão voltada a resultados com foco no protagonismo infantil visando o Projeto Convivência e a substituição de ausências entre os pares.
  2. Nos Anos Finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio as disciplinas da parte diversificada, as ações de planejamento estratégico, numa gestão voltada a resultados, a tutoria aos alunos para apoio a seu Projeto de Vida, e a substituição de ausências entre os pares.

 

  1. DOS CRITÉRIOS DE ELEGIBILIDADE para atuação em Regime de Dedicação Plena e Integral

 

  1. Situação funcional:
    • Titular de cargo de Diretor;
    • Titular de cargo de professor (PEB I, PEB II);
    • Ocupante de função-atividade (OFA) amparado pelo disposto no § 2º do artigo 2º da Lei Complementar nº 1.010, de 1º de junho de 2007, e nos termos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).
    • Professor Readaptado: pode atuar apenas em Sala/Ambiente de Leitura, desde que o rol de atividades previstos pelo CAAS seja compatível com as atribuições previstas para a função no Programa Ensino Integral.

 

  1. Formação:

2.2.1. Nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental: ser portador de diploma, devidamente registrado, de licenciatura plena em Pedagogia com habilitação em Magistério das Séries Iniciais do Ensino Fundamental, ou de diploma, devidamente registrado, de Curso Normal Superior, com habilitação em Magistério das Séries Iniciais do Ensino Fundamental, ou de licenciatura plena em Pedagogia obtida mediante Programa Especial de Formação Pedagógica Superior, qualquer que seja a nomenclatura do curso, com habilitação em Magistério das Séries Iniciais do Ensino Fundamental, ou diploma, devidamente registrado, de licenciatura plena em componente curricular específico, para atuar como docente especialista, diploma, devidamente registrado, ou ainda ser portador de licenciatura plena em disciplina da matriz curricular e diploma de Magistério de Nível Médio.

2.2.2. Nos Anos Finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio: Licenciatura Plena.

  1.  Experiência na rede pública estadual: no mínimo 3 anos de efetivo exercício.

 

  1. Adesão voluntária ao Regime de Dedicação Plena e Integral

 

  1. DOS REQUISITOS PARA A FUNÇÃO GESTORA: o docente, observada a ELEGIBILIDADE, poderá se inscrever no Programa Ensino Integral para exercer funções gestoras, desde que comprove:

 

  1. Diretor de Escola: ser portador de diploma, devidamente registrado, de licenciatura plena em Pedagogia e/ou diploma de Mestrado ou de Doutorado, na área de Educação/Gestão Escolar, e possuir 8 (oito) anos de experiência no magistério;
  2. Vice-Diretor de Escola: ser portador de diploma, devidamente registrado, de licenciatura plena em Pedagogia e/ou diploma de Mestrado ou de Doutorado, na área de Educação/Gestão Escolar, e possuir 5 (cinco) anos de experiência no magistério;

 

  1. ETAPAS DO PROCESSO DE CREDENCIAMENTO

 

  1. Inscrição: etapa em que o candidato se inscreve no programa, fornece informações sobre experiência e formação, bem como responde a uma pré-avaliação baseada em questões sobre o Programa Ensino Integral.

A condição de elegibilidade será consultada no momento da inscrição e o candidato ficará impedido de continuar caso não atenda os critérios, conforme informações contidas no cadastro funcional.

  • Período: 25/10/2017 a 06/11/2017
  • Local: Secretaria Escolar Digital (SED) (https://sed.educacao.sp.gov.br) | Sistema de Credenciamento do Programa Ensino Integral

 

  1. Entrevistas: etapa presencial em que será avaliado o perfil do profissional para atuação no modelo pedagógico das Escolas Estaduais do Programa Ensino Integral, mediante avaliação por competência.
    • Período: 08/11/2017 a 15/12/2017

O agendamento será realizado pelo candidato diretamente na SED – Sistema de Credenciamento na tela agendamento de entrevista. Caso necessário, a Diretoria de Ensino entrará em contato com o candidato via telefone e/ou e-mail, conforme registros fornecidos na inscrição. E considerará a pré-classificação dos profissionais mediante respostas aos questionários da pré-avaliação durante a inscrição.
A Diretoria de Ensino poderá interromper o chamamento para as entrevistas caso tenha completado o número mínimo de candidatos avaliados, conforme define Resolução SE 57/2016.

  1. Classificação dos candidatos: o processo seletivo de credenciamento será classificatório e deverá considerar:

I – o comprometimento do profissional com a respectiva atuação no magistério da rede estadual de ensino, avaliado mediante análise de seu histórico de assiduidade, relativo aos 3 (três) últimos anos letivos;
II – o perfil do profissional de acordo com as competências esperadas para atuação em Regime de Dedicação Plena e Integral nas escolas de Anos Iniciais do Ensino Fundamental:

  • Protagonismo – Promove o protagonismo e é protagonista de sua própria atuação, ajudando a formar pessoas autônomas, solidárias, reflexivas, críticas, pesquisadoras, mentes abertas e competentes.
  • Domínio do Conhecimento e Contextualização – Possui domínio de sua área de conhecimento, sendo capaz de comunicá-la e contextualizá-la, relacionando-a com a realidade do aluno, com a prática, com as disciplinas da Base Nacional Comum, com a parte diversificada e o Projeto Convivência.
  • Disposição ao Autodesenvolvimento Contínuo – Busca continuamente aprender e se desenvolver como pessoa e profissional, apresentando predisposição para reavaliar suas práticas, ferramentas e formas de pensar.
  • Comprometimento com o Processo e Resultado – Demonstra determinação para planejar, executar e rever ações, de forma a atingir os resultados planejados.
  • Relacionamento e Corresponsabilidade – Desenvolve relacionamentos positivos com alunos, professores, funcionários, direção, pais e responsáveis e atua de forma corresponsável, tendo em vista a aprendizagem dos estudantes e o desenvolvimento dos profissionais da escola.
  • Solução e Criatividade: tem visão crítica e foca em solucionar os problemas que identifica, criando caminhos alternativos sempre que necessário.
  • Difusão e Multiplicação – Difunde e compartilha boas práticas, considerando a própria atividade como parte integrante de uma rede.
  • Articulação entre os Anos Iniciais e os Anos Finais do Ensino Fundamental – Tem visão crítica e articula as aprendizagens e expectativas esperadas pelos alunos ao final do 5º ano dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental com os Anos Finais.

III – o perfil do profissional de acordo com as competências esperadas para atuação em Regime de Dedicação Plena e Integral nas escolas de Anos Finais do Ensino Fundamental Anos Finais e nas escolas de Ensino Médio:

  • Protagonismo: promove o protagonismo juvenil, ajudando a formar pessoas autônomas, solidárias e competentes e sendo protagonista em sua própria atuação.
  • Domínio do conhecimento e contextualização: possui domínio de sua área de conhecimento, sendo capaz de comunicá-la e contextualizá-la, relacionando-a com a realidade do aluno, à prática, às disciplinas da Base Nacional Comum, à parte diversificada, às atividades complementares e aos Projetos de Vida.
  • Disposição ao autodesenvolvimento contínuo: busca continuamente aprender e se desenvolver como pessoa e profissional, apresentando predisposição para reavaliar suas práticas, tecnologias, ferramentas e formas de pensar.
  • Relacionamento e corresponsabilidade: desenvolve relacionamentos positivos com alunos, professores, funcionários, direção, pais e responsáveis e atua de forma corresponsável tendo em vista o desenvolvimento dos alunos e profissionais da escola.
  • Solução e criatividade: tem visão crítica e foca em solucionar os problemas que identifica, criando caminhos alternativos sempre que necessário.

 

  • Publicação da classificação final no DOE
  • Prazo: 19/12/2017 a 20/12/2017 [ou em data anterior, caso tenha sido concluído anteriormente o número mínimo de entrevistas]

 

  1. Alocação dos candidatos nas vagas:
    • Prazo: 21/12/2017 a 22/12/2017 [ou em data anterior, caso tenha sido concluído anteriormente o número mínimo de entrevistas]
    • Local: Diretoria de Ensino – Região de [nome da região].

 

  1. PRIORIDADE NO PROCESSO DE CREDENCIAMENTO: conferida aos servidores que se encontravam em efetivo exercício na unidade escolar no momento da adesão formal da escola ao Programa Ensino Integral em 2017, sendo válida somente para as vagas nas escolas que iniciam sua participação no Programa Ensino Integral em 2018.
    • Os servidores da unidade escolar indicados com prioridade deverão participar de todas as fases do Processo de Credenciamento e serão classificados em faixa de classificação prevalecente à dos candidatos de outras unidades escolares para preenchimento das vagas da respectiva escola.

 

  1. DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS que deverão ser apresentados pelo candidato no momento da entrevista:
    • RG/CPF.
    • Atestado de Frequência dos últimos três anos, considerado até 30/06/2017 (documento deverá ser solicitado na escola sede do cargo ou função).
    • Documentos que comprovem as informações de titulação/formação fornecidas na etapa de inscrição.

Caso não se comprove algum dado ou informação prestada no momento da inscrição, o candidato não será credenciado para atuar no Programa Ensino Integral.

MUDANÇA DATA PROVA ENCCEJA : de 22/10/2017 para 19/11/2017

Mudança na data Prova Encceja

Clique aqui para ver http://www.educacao.sp.gov.br/noticias/exame-do-encceja-foi-prorrogado-para-19-de-novembro/

 

3ª Edição da Feira de Ciências da Escola Estadual Ana Franco da Rocha Brando

3ª Edição da Feira das Ciências – com a Diretora Silvana Turchiai, a vice – diretora Patrícia, a PCG Daniele Buoso, a GOE Rosangela, e as AOE Bia, Luzia, Adriana.
A Escola Ana Franco realizou ontem, dia 11, a Feira das Ciências. Além dos experimentos da Área de Ciências da Natureza, a Feira contou com experimentos no escuro, realizado dentro do Laboratório de Física e experimentos no Laboratório Molhado (Química e Biologia). As Áreas de Ciências Humanas e Matemática tiveram salas próprias, com atividades interativas e muito conhecimento. Também foi montada uma Sala de Saúde, com temas relevantes relacionados à saúde humana, aferição de pressão arterial, cálculo de IMC e uma Sala de Projeto de Vida, com presença das Faculdades Fatec e Gran Tietê. A Sala de Leitura contou com os alunos caracterizados contando histórias. A Feira teve a presença do IEP – Instituto Educação Profissionalizante, que esteve presente na Sala de Saúde e de Projeto de Vida, além de fazer atendimento de limpeza de pele aos presentes.
O Coral, o Clube de Flautas, o teatro de conscientização do setembro Amarelo e o Clube de Dança se apresentaram, abrilhantando e enriquecendo o sucesso extraordinário da Feira.
Os Acolhedores e Grêmio Estudantil foram responsáveis pelo excepcional acolhimento aos visitantes!
O público esteve presente em massa, com alunos das escolas Caic, Maria de Lourdes, Verdão (da Barra Bonita), pais, comunidade em geral, além da Dirigente de Ensino, Carla Karam, supervisoras Maria José Polli Ferreira, Angela Fuzel, do amigo Dirceu Barbosa, vereadores.
A equipe Nota Mil da Escola Ana Franco está muito orgulhosa deste evento, uma vez que o envolvimento da equipe escolar e dos alunos foram determinantes nesse sucesso sem tamanho!

Imagem 1

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR O ANEXO1Imagem 2
Imagem 3
Imagem 4
Imagem 5
Imagem 6